A Sexta-feira Negra mais conhecida como BLACK FRIDAY é o dia que se inaugura a temporada de compras natalinas com super descontos em lojas virtuais e físicas. Uma data que hoje reúnem o mundo inteiro. Acontecendo sempre um dia após a Ação de Graças nos Estados Unidos.

Há vestígios que a denominação surgiu no início de 90 na Filadélfia. Eram muitas pessoas e o  congestionamentos eram enormes. O termo já foi associado a crise financeira que chegou a atingir aos Estados Unidos em 1869. Mas se tornou popular em 1975, quando os jornais abordavam sobre a loucura da cidade. 

Em 1980 a cor vermelha para o comércio passou a ser vista como forma negativa e o preto como forma positiva de vendas no período de faturamento do Black Friday. Algumas lojas chegam abrir até mais cedo 4 horas antes para garantir maior movimento de clientes e vendas junto da promoção. A Black Friday só tomou proporções como o principal dia de vendas em terras americanas, em 2001.  A primeira Black Friday no Brasil aconteceu no dia 28 de Novembro de 2010. Sempre ocorrida na última sexta feira de novembro.  Em 2013 a promoção bateu um recorde de vendas faturando cerca de R$ 770 milhões em vendas online. Já em 2014 as vendas subiram para R$1,2 bilhões nas vendas pela internet subindo 3,5% do faturamento anual, sendo muito mais importante essa data para o comércio. A Black Friday não tem nenhuma regularização, qualquer empresa sendo ela física ou online pode utilizar a promoção. 

A procura pelo termo BLACK FRIDAY na internet e nas lojas, cresceu cerca de 300% em relação aos últimos anos. Em 2016 as vendas subiram 17% faturando R$ 2,1 bilhão ficando estável com o ano de 2017. Já em 2018 a promoção subiu 24% em comparação ao ano anterior, arrecadando cerca de R$ 3,9 bilhões em vendas online.

Com a utilização da promoção muitos comércios aumentavam seus preços antes da semana promocional e vendiam seus produtos com o preço normal. Por isso muitos clientes ficaram indignados com os comércios e começaram a falar que estava sendo uma Black FRAUDE. Com isso o Reclame aqui criou uma ferramenta de monitoramento onde os usuários podem conferir, reclamar e denunciar qualquer irregularidade ocorrida nas compras e vendas. 

Para 2019 ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico)  espera que as vendas subam 18% em relação ao ano de 2018, faturando mais para o comércio. 

A Escalar Comunicação promete grandes descontos em novas soluções na Black Friday de 2019, trazendo novidades em soluções mais avançadas para atender todos os públicos.