Para compreender e identificar empreendedores de sucessor, devemos nos atentar primeiramente ao significado da palavra empreender. Empreendedores são pessoas ousadas que estão sempre buscando se aprimorar e buscando novos caminhos, abrindo novos horizontes e achando as melhores soluções para os negócios. Domênico De Masi, já dizia que para se tornar um bom empreendedor é necessário valorizar o ócio, ou seja, o ócio criativo. Naqueles momentos em que você está de bobeira sem nada para fazer apenas mudando de canal da TV, o que você está fazendo para aprimorar os seus conhecimentos? Nada além de preencher um vazio existencial. O ideal é sempre se ocupar com coisas que aumentem o seu rendimento e faça crescer mais, como investir em documentários que inspiram, notícias de qualidade que informam, assim como fazer cursos, esportes que ajudem aumentar não só sua capacidade cognitiva, mas também aumentem seu networking. No Brasil e no mundo afora há vários exemplos de empreendedores que inspiram e cada vez mais mostram que é possível construir impérios onde antes só havia deserto ou ruína. Pessoas fantásticas que tiveram ideias geniais, as vezes até ideias simples que revolucionaram o mundo e o mercado financeiro. Iremos listas aqui alguns dos empreenderes mais geniais da história para que você se inspire e tenha novas ideías.  

Mark Zuckerberg: 

CEO e fundador do Facebook. MArk é um programador norte-americano que ficou conhecido por ser um dos fundadores do Facebook. Ele está entre as 36 pessoas mais ricas do mundo, com uma fortuna estimada em 17,5 bilhões de dólares. O Facebook expandiu-se tão rápido que em 2012 contava com um bilhão de usuários. Zuckerberg começou a escrever software ainda adolescente no ensino médio, posteriormente contratou um professor para dar aulas particulares. O Facebook surgiu de uma ideia em que existia um livro na universidade de Havard em que os usuários tinham nomes e fotos que viviam no dormitório estudantil. A princípio ele construiu um site e colocou duas de fotos de dois homens e duas mulheres. Os visitantes tinham que escolher quem estava “quente” de acordo com os votos tinha ranking. O site estava indo bem até que a universidade desativou o site porque a popularidade tinha sobrecarregado o servidor de Havard. Após isso, ele e mais 2 rapazes do curso se juntaram para criar o Facebook, que ultrapassando os limites de Havard, inserindo novos usurários de outras universidades e conquistando o mundo.  

Steve Jobs: 

Foi co-fundador, presidente-executivo da Apple Inc. Reconhecido por revolucionar seis indústrias: computadores pessoais, filmes de animação, telefones, tablets e publicações digitais. Em 1996, após idas e vindas da Apple ele retornou a empresa para participar do desenvolvimento de um novo programa. Em 2001, ele inovou em ramificar a Apple para além do mercado restrito da informática, passando a atuar na área de eletrônica, telecomunicações, músicas digitais, com a introdução de música portátil, integrando a venda legal de música pela internet através do Itunes. Em 2007 a Apple começou a comercializar telefones móveis conhecidos até hoje como os famosos Iphone. Ele investiu na indústria cinematográfica Pixar e Disney, tornando-se o maior acionista individual pela Disney.  

Alexandre Costa:

Alexandre Costa é o fundador da empresa Cacau Show, ele começou vendendo ovos de páscoa de porta em porta, aos 14 anos. Sua caminhada no mercado deu-se de forma muito marcada e resistente, sempre insistindo em vencer. Com 17 anos com 500 dólares e uma funcionária, Alexandre fundou a Cacau Show em São Paulo. Hoje em dia há mais de 800 lojas espalhadas pelo país em mais de 350 municípios.  

O que todos estes empreendedores têm em comum?

Persistência e não ter medo de arriscar no mercado, sempre inovando, tentando novas idéias, mesmo que elas não deem certo de primeira, eles nunca desistiram. Para ser um empreendedor é necessário esta garra e determinação, assim é possível chegar a lugares que por muitos era inalcançável.